Barreiras e facilitadores para a atividade física das pessoas com déficit intelectual

  • Laura Jung Escola Superior de Educação Física- Universidade Federal de Pelotas http://orcid.org/0000-0003-2505-1368
  • Alexandre Marques Escola Superior de Educação Física- Universidade Federal de Pelotas
  • Angélica Kalinoski Escola Superior de Educação Física- Universidade Federal de Pelotas
Palavras-chave: Déficit Intelectual, Barreiras e facilitadores, Atividade física, Tempo livre

Resumo

O objetivo deste estudo foi descrever as barreiras e os facilitadores da prática de atividade física (AF) no tempo livre, sua influência nessa prática e o estilo de vida das pessoas com déficit intelectual (DI) inseridas nas APAES/RS. A amostra foi composta por 1191 pessoas com DI representadas pelos seus responsáveis. As barreiras e facilitadores para a prática de AF foram identificadas com questões fechadas em que o responsável respondia se o fator influencia sempre (1), influencia às vezes (2) ou não influencia (3) na prática de AF. As questões foram separadas em três dimensões que correspondiam a  pessoal, ambiental e social.  Como resultado verificou-se no aspecto pessoal sete facilitadores e duas barreiras, nos quais destaca-se o fato de sentir-se capaz como facilitador associado com a prática de AF; no aspecto ambiental seis facilitadores e uma barreira, sendo a companhia de pessoas próximas o principal facilitador pela associação com a prática de AF; e no aspecto social cinco facilitadores e uma barreira, no qual encontram-se a existência de locais próximos de casa e os profissionais estarem preparados para trabalhar com pessoas com DI os principais facilitadores.  Conclui-se que algumas barreiras e facilitadores estão ligados ao estímulo que as pessoas recebem, pois podem despertar o gosto pela AF se houver companhia, propiciando condições para a prática devido às limitações que a maioria possui no aspecto social. Oferta de locais com qualidade para prática de AF também facilitam, o que pode ser amenizado com o investimento em políticas públicas e projetos sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
01-07-2017
Como Citar
1.
Jung L, Marques A, Kalinoski A. Barreiras e facilitadores para a atividade física das pessoas com déficit intelectual. RBAFS [Internet]. 1jul.2017 [citado 22maio2018];22(4):362-7. Available from: http://rbafs.emnuvens.com.br/RBAFS/article/view/10514
Seção
Artigos Originais