Estratégia de Promoção à Saúde: Programa Academia da Cidade de Belo Horizonte

Autores

  • Aline Lopes Universidade Federal de Minas Gerais
  • Aline Ferreira
  • Raquel Mendonça
  • Maria Angélica Dias
  • Rony Rodrigues
  • Luana Santos

DOI:

https://doi.org/10.12820/rbafs.v.21n4p%25p

Palavras-chave:

Serviços de saúde, Intervenções comunitárias, Promoção da saúde, Sistema Único de Saúde

Resumo

O artigo tem o objetivo de descrever o histórico, o propósito e as ações de promoção saúde realizadas no polo piloto do Programa Academia da Cidade (PAC) de Belo Horizonte-MG. O PAC foi implantado em 2005 com a finalidade de promover modos saudáveis mediante intervenções interdisciplinares, prioritariamente coletivas, que ampliassem a autonomia dos sujeitos, respeitando a diversidade cultural da comunidade. O primeiro polo ofertava exercícios físicos e aconselhamento nutricional integrado às Unidades Básicas de Saúde. Atendia cerca de 400 pessoas que apresentavam baixo nível econômico, alimentação não saudável, excesso de peso e comorbidades. As ações propiciaram a prática regular de exercícios físicos, adoção de hábitos alimentares saudáveis e redução do peso. O PAC contribui para a promoção da saúde com equidade e justiça social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-07-01

Como Citar

1.
Lopes A, Ferreira A, Mendonça R, Dias MA, Rodrigues R, Santos L. Estratégia de Promoção à Saúde: Programa Academia da Cidade de Belo Horizonte. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde [Internet]. 1º de julho de 2016 [citado 28º de setembro de 2021];21(4):381-6. Disponível em: https://rbafs.emnuvens.com.br/RBAFS/article/view/7582

Edição

Seção

Do Diagnóstico à Ação: Experiências em Promoção de Atividade Física e Saúde